Quando os Demônios resolvem atacar

Estava assistindo um documentário sobre morte, demônios e afins, e na verdade nem sei bem porque estava vendo aquilo. Nunca acreditei em céu e inferno, Deus e Diabo, mas com preguiça de levantar para pegar o controle e mudar de canal, mantive no mesmo. Quando, uma coisa me despertou, uma experiência sobrenatural. Fazer meu espíritosair” do meu corpo e depois voltar. Achei aquilo tudo uma baboseira, mas do nada, resolvi fazer. Acreditava conscientemente que nada iria acontecer. Estava enganado. Antes de iniciar o ritual, era necessário rezar o pai nosso três vezes, mas não o fiz. Se nada iria acontecer? Perder meu tempo? Claro que não. Então deitei e esvaziei da minha mente tudo o que era possível: brigas, festas, diversões, tristeza, angústia. Mas uma coisa não saiu da minha cabeça, mais precisamente, uma pessoa. Caí em um sono profundo, e a primeira coisa que me lembro é de ver meu corpo deitado na cama. Deu certo? Fiquei com muito medo, mais do que senti em toda a minha vida. Ia tentar voltar para onde nunca deveria ter saído quando de repente me sinto arrastado. Mais como um enorme furacão. E quando ele para, me vejo na casa daquela pessoa que não saia dos meus pensamentos. Sentado, vendo tv e comendo pipoca. Fiquei a observando por um bom tempo, quando uma nuvem preta apareceu em sua frente. Era estranho, e vi que algo que me paralisou, a tal nuvem estava a fazendo se engasgar com o milho, me desesperei, não soube o que fazer, então gritei: “Deixe-a em paz” E da nuvem, algo saiu, um par de olhos tão negros e um sorriso irônico. Olhou pra mim e riu escandalosamente, e a nuvem desapareceu. Estava tão apavorado que não sei bem como, voltei ao meu corpo. Mas tinha algo de diferente, estava tudo escuro. Tinha dormido com a luz acesa. Sai pela casa e vi que até na rua estava escuro. E assim vejo aqueles olhos que em alma tinha visto, e aquele sorriso assustador. Estava cada vez mais se aproximando de mim, fechei os olhos e quando os abri, a luz apareceu, e a televisão estava ligada, no jornal. Joguei-me no sofá e dei um suspiro tão profundo que parecia que meu pulmão ia estourar, olho para o chão e o que vejo? Um papel, mais ao certo um bilhete, de tinta vermelha, tão viva que parecia até sangue, e quando leio minha pele fica tão pálida quanto já é. Estava escrito: “Você é o próximo”. E no jornal, vejo o noticiário: “Menino é encontrado morto em um beco sem saída, com um sorriso desenhado nas mãos, e com os olhos arrancados” Quem é esse menino? Sim, a que não saia dos meus pensamentos, que eu visitei em espírito. Levanto-me atordoado, e do nada, as luzes se apagam. 

                                                                                                               - Nal & Melancia

as Melancias incomodam tanto assim?

1 Melancia incomoda muita gente
2 Melancias incomodam, incomodam muito mais

3 Melancias incomodam muita gente
4 Melancias incomodam, incomodam, incomodam, incomodam muito mais

5 Melancias incomodam muita gente
6 Melancias incomodam, incomodam, incomodam, incomodam, incomodam, incomodam muito mais

7 Melancias incomodam muita gente
8 Melancias incomodam, incomodam, incomodam, incomodam, incomodam, incomodam, incomodam, incomodam muito mais

9 Melancias incomodam muita gente
10 Melancias incomodam, incomodam, incomodam, incomodam, incomodam, incomodam, incomodam, incomodam, incomodam, incomodam muito mais

:D

~Melancia ~Stache

Where’s my melancia?
Can you feed my love?
Cannabis
Can you feed my love?
Where’s my melancia?
Where’s my melancia?
Cannabis
High Princess

““Acredite em si mesmo, pois até sua sombra te abandona no escuro” - Lady Gaga”

Where's My Stache?

Lady Gaga

Listen

super lecal essa remix de stache

  • -Pq a Melancia chupou as tetas da ART?
  • -Pq ela quis chupar a tetas da ART ué!!
  • -Mas não era o pop que chupava as tetas da ART?
  • -é ta bom dona Lady Gaga, o Pop e a Melancia chupam as tetas da ART!
  • -um em cada teta?
  • -isso aí um em cada teta..